INSTITUCIONAL
CONTATO
INSTITUIÇÕES VINCULADAS
Secretaria Adjunta de Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Regional
Secretaria Adjunta de Agricultura Familiar
LINHAS DE FINANCIAMENTO
PROGRAMAS
SINDICATOS RURAIS MT
LINKS
 

INVESTIMENTOS - FCO contempla Mato Grosso com 1,3 bi neste ano


28/06/2011

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) ao longo dos anos tem feito a diferença no Estado e contribuído para o desenvolvimento do setor produtivo de Mato Grosso, por meio da tecnologia. O Governo do Estado trabalha pela ascensão do agronegócio, carro-chefe de Mato Grosso, que garante a pujança da economia que cresce em ritmo Chinês. Os recursos disponíveis do FCO Rural para este ano são da ordem de R$ 1 bilhão e 300 milhões de reais. Destes já foram aprovados R$ 298 milhões de reais em 435 cartas consultas pela Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (CPACR), vinculada a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf).

O principal objetivo do FCO é contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região Centro-Oeste, mediante financiamentos direcionados às atividades produtivas, voltados aos setores econômico industrial, agroindustrial, agropecuário, mineral, turístico, comercial e de serviços. O FCO Rural atende mini, pequenos, médios e grandes produtores. No ano passado foram aprovados R$ 452 milhões de reais em 1.335 cartas consultas apreciadas no setor agropecuário.

O pecuarista Wilson Cargnin foi contemplado com o FCO na linha de Financiamento e Desenvolvimento Rural. Com o dinheiro investiu na compra de vacas leiteiras e também na aquisição de um trator. Para ele, o FCO é um dos melhores financiamentos que existe com juros baixos. “Vale a pena porque são dois anos de carência. Ele é o único dentro da nossa realidade. A gente investe e tem um bom prazo para começar a pagar”, revela.

O secretário-adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Sedraf, Luiz Carlos Alécio, reforça que o FCO é um dos melhores instrumentos de financiamentos existentes para o produtor rural. “Ele tem feito a diferença, visto que grande parte da tecnologia existente no setor produtivo foi conseguida graças aos recursos provenientes do FCO que existe desde 1988. Durante este período o FCO Rural já acumulou uma aplicação de aproximadamente R$ 14 bilhões de reais.

Os investimentos podem ser feitos nas áreas de pecuária leiteira e de corte com a difusão e transferência de tecnologia, melhoramento genético por meio de sêmen e transferência de embriões. O Fundo Constitucional  pode ser utilizado na correção da acidez e fertilidade do solo com calcário e fósforo; em fretes na aquisição de veículos utilitários e no armazenamento de grãos com a construção de armazéns e aquisição de silos. “Grande parte do armazenamento da produção está sobre rodas. Investir neste segmento é uma das prioridades”, destaca Alécio.

FCO ITINERANTE
Com a intenção de aumentar os números de projetos de pequenos produtores, o secretário da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), José Domingos Fraga Filho, destaca que o FCO Itinerante visitará os municípios Tabaporã, Vera, Lucas do Rio Verde, Querência, Chapada Dos Guimarães, Paranatinga, Guarantã do Norte, Marcelândia, Nova Monte Verde, Nova Canaã do Norte, Vila Rica, Nova Ubiratã, Sinop e Cláudia. Os municípios que já receberam a comitiva do FCO neste ano foram: Alto Taquari, Rondonópolis, Nortelândia, Sapezal e Campo Verde.

Uma comitiva composta por membros da Sedraf, Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energias (Sicme), Ministério da Integração Nacional, Sebrae, Banco do Brasil e Sicredi vão até os municípios esclarecer as principais dúvidas quanto à área de atuação e linhas de financiamentos que podem ser utilizadas através do FCO Itinerante.

Mais informações podem ser obtidas na Sedraf, com o coordenador da Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (FCO Rural), Wilson Pereira, pelo telefone (65) 3613-6237.

SANDRA SANTHANNA

Assessoria da Sedraf-MT




 
Últimas Notícias
»05/04/2013
Devido a um princípio de incêndio registrado no início dessa sexta-feira (05) no prédio que abriga três órgãos estaduais – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (Sedraf), Instituto de Terras (Intermat) e Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) – não haverá expediente aos servidores que atuam nas três pastas.
»04/04/2013
O secretário de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Meraldo Sá, conseguiu a liberação de R$ 16 milhões em recursos federais para Mato Grosso. Esse montante será utilizado no fortalecimento da agricultura familiar, que hoje representa 74% dos produtores rurais existentes do Estado.
»04/04/2013
Representando o secretário de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Meraldo Sá, que está cumprindo agenda em Brasília, o secretário-adjunto de Agricultura Familiar, Juarez Fiel, concedeu nessa manhã de quinta-feira (04) uma entrevista a TV Centro América, canal 04.

 




Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar – SEDRAF

 

Centro Político Administrativo – CPA – Rua 02, s/nº Ed. Ceres, 3º Andar – CEP 78058-250 – Cuiabá – MT

TEL: (65) 3613-6252 / Fax: (65) 3613-6203

e-mail: imprensasedraf@gmail.com

Todos os direitos reservados